A influência da instabilidade de peso na vida e na cirurgia plástica - Dr. Ricardo Gozzano
X
X

A influência da instabilidade de peso na vida e na cirurgia plástica

Seios após amamentação
12 de novembro de 2019
A importância do Laser na lipo HD
5 de janeiro de 2020
Voltar para o Blog

A influência da instabilidade de peso na vida e na cirurgia plástica

Boa parte das pessoas que tem tem sobrepeso, também são vítimas de um fenômeno chamado “efeito sanfona”, ou seja: a pessoa engorda e emagrece ciclicamente. Geralmente isso acontece após dietas muito restritivas, assim sendo, não conseguem manter por muito tempo uma alimentação cheia de privações e voltam a comer em excesso, retornando ao peso indesejado.

Quem está acima do peso e deseja emagrecer, precisa entender que o primeiro passo deve ser a mudança na mente, para que você aprenda a controlar o desejo por comida. Você também deve ter acompanhamento médico para garantir que todas as funções do seu corpo estejam em ordem e em sintonia, para que além de mudar a mente, controle o desejo por comida e pratique exercícios físicos. Tudo isso lhe proporcionará uma vida mais saudável. 

A oscilação de peso além de prejudicial para a saúde,  pode ter impactos na recuperação de uma cirurgia plástica, pois, o ganho de peso causa distensão da pele e pode levar ao aparecimento de estrias, que são cicatrizes atróficas. A pele desse tipo de cicatriz é mais fina, com redução da epiderme e da derme e alteração das fibras elásticas e colágenas. 

Então para evitar esses possíveis problemas na vida e na recuperação da cirurgia plástica, o emagrecimento deve ocorrer de forma progressiva e definitiva, para que a perda de peso não seja brusca e evite o aparecimento de excesso de pele, flacidez e estrias.

Então vamos recapitular alguns pontos:

1º – Nenhum tipo de cirurgia plástica é indicada para a perda de peso, apesar de auxiliarem em alguns casos.

2º – Não adianta mudar seu corpo com um procedimento estético e não mudar sua mentalidade e hábitos de alimentação e exercícios.

3º – Antes e depois de um procedimento, é ideal que o (a) paciente esteja e se mantenha com o peso dentro ou próximo dos padrões IMC e peso estabilizado.

4º – Qualquer processo de emagrecimento deve ser acompanhado por um médico especialista.

Desta forma se você ainda não operou é importante levar em consideração todos os pontos que citei acima, e se você já está com seu procedimento marcado, agora já sabe como deve se manter após essa data tão especial.